terça-feira, outubro 24, 2006

Piranhagem sai cara para Município

Câmeras para filmar prostituição em
Ponta Negra custarão R$ 47 mil mensais

"Ainda não estão em funcionamento, no chamado corredor turístico da praia de Ponta Negra, as câmeras de vídeo que a Secretaria Municipal de Turismo prometeu instalar logo após uma série de matérias veiculadas no Jornal da Globo, da Rede Globo, em março deste ano, sobre o sexo-turismo na área. As câmeras têm o objetivo de monitorar a violência e a exploração sexual em Ponta Negra. O secretário municipal de Turismo, Fernando Bezerril, informou ontem que as câmeras deverão estar em pleno funcionamento em até 15 dias.
Segundo Bezerril, uma empresa de Recife (PE) será responsável pela instalação, trabalho que custará R$ 47 mil mensais, incluindo assistência técnica durante o funcionamento". (JH 1ª Edição, Terça-feira, 24.10.06,
Cidade, pág. 11.)
(Foto)

Um comentário:

tertu disse...

é mole?!
e nós, cobtribuintes indefesos,pagaremos mais este pato!
abs.tertu